Galaxy Tab A7 Lite vale a pena em 2022? Serve para estudar e jogar? Análise

O Galaxy Tab A7 Lite é um dos poucos tablets de entrada disponíveis no mercado brasileiro. Porém, mesmo com baixo custo, muitas pessoas ainda ficam com o pé atrás na hora da compra. Mas será que neste ano o A7 Lite ainda continua valendo a pena? Quais são os seus prós e contras? Saiba tudo!

🛒 Compre mais BARATO agora: clique aqui!

📷 Siga-nos no Instagram para promoções, suporte e notícias: clique aqui!

Mesmo com o foco no preço baixo, a construção e o design do A7 Lite não deixam a desejar. O tablet possui um corpo de metal na traseira e nas laterais, enquanto a tela, conta com bordas bem menores do que os seus antecessores. O peso de 371 gramas também é um atrativo, já que facilita demais o transporte. Portanto, o aparelho é ótimo para estudantes ou para quem trabalha e está sempre em movimento. 

A tela TFT do Lite possui 8.7 polegadas, com resolução HD de 800 x 1340 pixels, com densidade de 179 ppi. Sim, o display poderia ser melhor, mas é preciso dizer que no geral, o painel atende bem quem precisa fazer as tarefas do dia a dia. Os ângulos de visão são aceitáveis e a quantidade de cores é boa e por isso, a maioria das pessoas não terão problemas. Porém, se você precisa de telas vívidas e com alto nível de brilho, este aparelho não é pra você. 

Já a experiência sonora se mostrou mais positiva. O A7 Lite possui dois alto-falantes estéreo, que conseguem oferecer sons equilibrados e nítidos. Por isso, ouvir músicas, podcasts e assistir a vídeos por aqui é confortável. 

O tablet da Samsung sai de fábrica com o processador P22T da MediaTek, que funciona com 4GB de RAM. Essa configuração dá conta do básico e não tivemos muitos problemas ao utilizar os apps do dia a dia. Programas como Google Docs, Word, Powerpoint, Microsoft Teams, Google Meet e redes sociais como Twitter, YouTube e TikTok funcionaram bem e por isso, estudantes ou profissionais de algumas áreas serão bem atendidos. Por causa do chipset simples, a abertura e a troca de aplicativos não é tão rápida, mas a velocidade é aceitável. Porém, o A7 Lite possui mais dificuldade para lidar com apps mais pesados e por isso, o modelo é indicado para quem utiliza apenas programas leves. Já em jogos, títulos simples como Free Fire e Alto’s Adventure rodam bem, mas games mais complexos precisam ser executados com gráficos no mínimo. 

O Android modificado da Samsung é outro ponto positivo. A One UI é fácil de usar e conta com diversas funções que auxiliam na produtividade do usuário, como a tela de atalhos, a navegação por gestos e os modos tela dividida e janela flutuante. Apesar dos esforços da Samsung, ainda há alguns apps que não utilizam muito bem a tela maior, porém, grande parte dos programas de produtividade já estão adaptados. Se você está acostumado a utilizar aplicativos móveis para fazer as suas tarefas, o A7 Lite poderá substituir o seu notebook ou servir como um complemento para quando você sair de casa. 

Além disso, por ter entrada USB Tipo C, acessórios como teclados ou mouses podem ser adicionados para facilitar o uso. 

Dos 64GB, aproximadamente 48GB estão disponíveis para uso. O espaço de armazenamento pode ser suficiente para usuários básicos, mas se você precisa de mais, felizmente, é possível expandir a memória via cartão micro SD. 

O modelo conta com uma câmera traseira de 8 megapixels, enquanto a frontal é de 2 megapixels. Ambas são muito simples e são apenas funcionais, servindo principalmente para realizar videochamadas e escanear documentos. 

A bateria de 5.100 mAh pode parecer pequena, mas por causa do hardware modesto, a autonomia do modelo é boa. Em uso leve, o tempo de bateria é de um dia e meio. Já para uso moderado, é possível ficar até 9 horas com a tela ligada. Por fim, em uso intenso, a autonomia é de 6 horas. Infelizmente, não há o suporte ao carregamento rápido e por isso, é preciso esperar mais de 3 horas para que o dispositivo seja completamente recarregado. 

Por fim, o A7 Lite suporta redes de 2.4 e 5 Ghz, conta com reconhecimento facial, GPS e há modelos com e sem entrada para chips de operadora. Não há suporte à canetinha S Pen, mas você pode adquirir modelos que possuam a ponta de borracha, pois assim, os toques serão reconhecidos. Mas infelizmente, a integração com o sistema não será perfeita.

Pra concluir, será que o Galaxy Tab A7 Lite continua valendo a pena? O aparelho possui pontos positivos e negativos, mas no geral, estudantes ou profissionais que precisam de portabilidade são o principal público-alvo do produto. O tablet é leve, conta com uma tela decente e roda os aplicativos do dia a dia e por isso, pode servir para quem não precisa realizar tarefas muito pesadas. Se esse for o seu caso,  o A7 Lite continua valendo a pena. 

🛒 Compre mais BARATO agora: clique aqui!

📷 Siga-nos no Instagram para promoções, suporte e notícias: clique aqui!

Mais Sobre

  • Sistema: Android 11. 
  • Dimensões: 212.5 x 124.7 x 8 mm. 
  • Peso: 371 gramas. 
  • Chipset/Processador: Helio P22T MediaTek MT8768T. 
  • GPU: PowerVR GE8320. 
  • Memória RAM: 3GB. 
  • Memória: 32/64GB. 
  • Tela: TFT LCD 8.7 polegadas. 
  • Resolução: 800 x 1340 pixel. 
  • Densidade de pixels: 179 ppi. 
  • Câmera Traseira: 8 MP (3266 x 2449 pixel) 
  • Câmera Frontal: 2 MP. 
  • Gravação: Full HD 30 FPS.
  • Wi-Fi: 802.11 a/b/g/n/ac. 
  • Bluetooth: 5.0. 
  • USB: Tipo C. 
  • GPS: A-GPS/GLONASS/BeiDou/Galileo. 
  • Sensores: Acelerômetro e bússola. 
  • Bateria: 5100 mAh. 

Redação EB

Compartilhamos ideias sobre produtos e serviços da forma mais simples pra você! :)

Postagem Anterior Próxima Postagem