Moto G52 é bom? Vale a pena? Análise/Review/Ficha Técnica

Em meio a tantos aparelhos intermediários, no que o Moto G52 se destaca? Será que o dispositivo da Motorola vale a pena? É o que vamos te contar nos próximos minutos!

⚪️ Confira o preço na Amazon: clique aqui!

🔴 Confira o preço nas Americanas: clique aqui!

🔵 Confira o preço no Magazine Luíza: clique aqui!

Pontos Positivos

O design do G52 é bonito e discreto e mesmo sendo um intermediário, há características que parecem premium. Na frente, vemos um pequeno furinho que abriga o sensor de câmeras e finas bordas ao redor do display. Na traseira de plástico brilhante que lembra metal, está somente o sensor de câmeras. Dos lados, estão os botões de volume, a gaveta para chips e o rápido leitor de digitais, que também é o botão de energia. Embaixo, felizmente a entrada P2 foi mantida. O smartphone é bastante grande, mas por ser leve o uso é confortável, mas o manuseio deve ser feito com as duas mãos. 

A tela P-OLED de 6.6 polegadas do G52 possui resolução Full HD e taxa de atualização de 90 Hz. Por ser do tipo OLED, o display é muito brilhante e exibe cores fortes, o que é excelente para o uso no dia a dia. Além disso, a taxa de atualização alta deixa a visualização muito mais fluida e cômoda. 

A qualidade sonora também é surpreendente. Os alto-falantes estéreo fornecem sons encorpados e definidos e o consumo de mídia por aqui é muito bom.

O Snapdragon 680 4G da Qualcomm é o processador que equipa o G52. A memória RAM é de 4GB. O chipset dá poder de fogo suficiente para fazer as tarefas do dia a dia com folga, sendo possível abrir apps de redes sociais, entretenimento, ferramentas de trabalho ou plataformas de estudo de forma ágil. A troca entre apps poderia ser mais rápida, mas ainda sim, tem uma boa velocidade. Em jogos, títulos leves rodam liso, mas games mais pesados como COD, PUBG ou FIFA funcionam com qualidade gráfica no médio. Com isso, no geral, o desempenho é eficiente. 

O G52 funciona com o Android 12. O sistema puro é fácil de usar, leve e rápido e apesar das poucas alterações feitas pela Motorola, as principais funções do sistema podem ser encontradas no aparelho. Além disso, há os famosos gestos para acender a lanterna, agitar para acionar a câmera ou controlar a barra de ferramentas pelo sensor biométrico. 

Na traseira, encontramos três câmeras, de 50, 8 e 2 megapixels. O sensor principal faz boas fotos, com cores equilibradas e muitos detalhes em ambientes iluminados. Faltou um modo HDR para ajustar imagens em locais com luzes artificiais ou muito intensas. Porém, ainda dá pra tirar fotos com boa qualidade no dia a dia. As lentes ultra-wide e macro são bem mais simples e também é preciso que o local esteja com iluminação adequada. Já a câmera frontal de 16 megapixels se sai muito bem para tirar selfies em várias condições. O aparelho filma em Full HD a 30 FPS. 

O tamanho da bateria é padrão, de 5.000 mAh. Em uso leve ou moderado, o G52 chega sem problemas ao fim do dia, mesmo com a taxa de atualização em modo automático. Em uso intenso, o tempo de tela foi de 11 horas. Colocando a tela em 60 Hz, este tempo pode ser ainda maior. A Motorola envia um ótimo carregador de 33W na caixa, que leva 1 hora e 15 minutos para abastecer o aparelho. 

No mais, o G52 conta com Wi-Fi AC, Bluetooth 5.0, USB tipo C 2.0, NFC, GPS completo, rádio FM e na caixa, a fabricante manda carregador, fone de ouvido e capinha transparente. 

Pontos Negativos

Pelo histórico da Motorola, não dá pra esperar muitas atualizações de sistema e o G52 deve receber apenas o Android 13. 

Alguns aparelhos intermediários já estão vindo com o suporte a redes 5G, mas a Motorola não inclui este recurso por aqui. 

Por ter 4GB de RAM, o multitarefas não é muito rápido quando há vários apps abertos simultaneamente. 

Mas pra concluir, será que o G52 vale a pena? As especificações são equilibradas e o dispositivo atende grande parte das pessoas que usam redes sociais, apps de consumo de mídia e jogam casualmente. Agora com um preço variando entre R$ 1.200 a R$ 1.400, o G52 se mostra uma ótima opção. 

⚪️ Confira o preço na Amazon: clique aqui!

🔴 Confira o preço nas Americanas: clique aqui!

🔵 Confira o preço no Magazine Luíza: clique aqui!

Imagens: Alexander Vargas/My Tech. 

Mais Sobre

  • Sistema: Android 12. 
  • Dimensões: 160.98 x 74.46 x 7.99 mm. 
  • Peso: 160g. 
  • Processador: Snapdragon 680 4G Qualcomm. 
  • RAM: 4GB. 
  • Memória Máxima: 128GB. 
  • Expansão de Memória: até 1024GB via cartão SD.
  • Tela: P-OLED de 6.6 polegadas. 
  • Resolução: 1080 x 2400 pixel. 
  • Densidade de pixels: 399 ppi. 
  • FPS: 90 Hz. 
  • Câmeras Traseiras: 50 Mp + 8 Mp + 2 Mp. 
  • Câmera Frontal: 16 Mp. 
  • Gravação de vídeo: Full HD a 30 FPS. 
  • Wi-Fi: 802.11 a/b/g/n/ac. 
  • Bluetooth: 5.0. 
  • USB: Tipo-C 2.0.
  • NFC: Sim.
  • GPS: A-GPS/GLONASS/Galileo/LTEPP/SUPL. 
  • Sensores: Acelerômetro, proximidade, giroscópio, bússola, impressão digital e microfone para redução de ruído. 
  • Rádio FM: Sim. 
  • Bateria: 5.000 mAh.

Redação EB

Compartilhamos ideias sobre produtos e serviços da forma mais simples pra você! :)

Postagem Anterior Próxima Postagem